Publicidade

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Campus Party: Pesquisador prevê fim do celular em cinco anos!

Novas tecnologias lançarão desafio a educadores, diz Sugata Mitra.
'O que fazer quando jovens tiverem o Google nas suas cabeças?', questiona.

sugata mitra (Foto: Flavia de Quadros/indicefoto.com) 
 
O celular como conhecemos vai desaparecer em breve e a educação terá que se adaptar a mais essa mudança, afirmou Sugata Mitra, professor do Massachusetts Institute of Technology (MIT), durante a Campus Party, nesta terça-feira (7). O evento acontece no Anhembi, em São Paulo.
Especialista em tecnologia educacional, ele acredita que o aparelho vai dar lugar a outra tecnologia em cerca de 5 anos, assim como aconteceu com a vitrola e o walkman.
“O que a educação deve fazer quando os jovens tiverem o Google nas suas cabeças? Como você vai saber que um contabilista é mesmo um contabilista ou se ele está apenas usando o Google?"

"O celular foi ficando melhor, mais barato e rápido. Se eu tivesse que fazer uma previsão, diria que ele vai desaparecer em 5 anos”, afirmou. Segundo Mitra, as novas tecnologias vão lançar um desafio aos professores. “O que a educação deve fazer quando os jovens tiverem o Google nas suas cabeças? Como você vai saber que um contabilista é mesmo um contabilista ou se ele está apenas usando o Google? O significado da educação, do diploma, terá que mudar em menos de 10 anos”, completou.
Em 1999, Mitra colocou um computador com acesso à internet em um muro de uma favela de Nova Déli, na Índia. Câmeras mostraram a interação das crianças com o computador. Segundo Mitra, elas iniciaram um novo processo de aprendizagem graças à internet.
Na época do experimento, chamado “Hole in the Wall” (buraco na parede, em inglês), os professores lhe questionaram o que aquilo mudaria na vida deles já que os resultados das provas não estavam melhorando.

“Eles concluíram que o computador não estava ajudando, mas ninguém perguntou se o problema não estava na prova. O computador ajudou as crianças em várias áreas que a prova não contempla, como a autoconfiança. Isso não é medido pela escola”.
 
Crítica a provas escolares

Segundo Mitra, as provas desenvolvidas pelas instituições não medem a compreensão, e, sim, a memória. “No passado, a memória era importante porque o cérebro era o único meio de se reter informações. Hoje, ela não é mais importante, pois temos o pen drive, por exemplo”, explicou. “Precisamos pedir para o sistema mudar em vez de pedir para o aluno não usar o computador”.
Mitra acredita que é necessário redefinir o currículo escolar para que ele fique mais interessante. “Hoje, as empresa contratam funcionários com muita educação, mas que não são úteis. As pessoas conseguem ler uma página inteira e não entender nada. Essas habilidades são mais importantes para as empresas, hoje, do que trigonometria. Nós temos exigências que não têm relação com o que está sendo ensinado. Há 300 anos, o fato de o currículo não ser interessante, não era um problema. Hoje, isso não funciona”, completou.

Fonte: G1

22 comentários:

  1. Será mesmo? Apesar que com tantas tecnologias não acho difícil, mas acredito ser um pouco improvável. Não tenho uma opinião formada quanto a isso, não imaginaria não ter mais o celular, já que ele mesmo tem acesso ao google, mas sobre o Sistema Android, o sistema vive sendo corrompido por vírus, no qual não seria muito interessante!

    Amei o blog, apesar de eu escrever sobre Estilo, eu fiz Mantenedor de Infra Estrutura de Redes, sempre que der estarei aqui.


    http://tendenciafluors.blogspot.com/ @TFluors

    ResponderExcluir
  2. ainda não tinha visto essa matéria no G1, quando falamos em tecnologia não duvido de nada.O computador e principalmente a internet hoje em dia ajudam muito em qualquer situação.

    ResponderExcluir
  3. Adoorei o blog, parabens. Muito bem trabalhado.

    ResponderExcluir
  4. adorei seu blog muito bem feito ja estou te seguindo por favor segue o meu tb http://cabelosescuros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Bem legal, mas será que é isso mesmo?

    ***
    Escrevo pro: http://cafedefita.blogspot.com/
    (Patrícia Araújo - Colaboradora)

    ResponderExcluir
  6. Eu não sei se isso acontece ...
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Espero que essa previsão esteja errada. Pq celulares são insubstituíveis.

    ResponderExcluir
  8. Os celulares não podem acabar!!!

    Poderia seguir meu blog?

    http://makeofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. interessante o ponto de vista dele!!Dps da uma passadinha la no meu blog diz o q achou e se gostar me segue,ta bom?!(Sei q não tem muito a ver com os assuntos do seu blog,mas qm sabe vc encontra algo q te interesse tbm?!)rsrs..

    poquimdemim.blogspot.com

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Nossa... com certeza, eu apoio esta mudança! vejo que a tecnologia vai deixando as pessoas cada vez mais alienadas, tem informações em excesso, mas parecem não ter conhecimento.
    não entendi bem o lance do "google em suas cabeças" mas creio que isto se relacione a evolução da capacidade cerebral do ser humano, estou certo?

    ResponderExcluir
  11. Ola,podemos fazer a troca de banner so pegar codigo do link-me la no blog e me avisa pra pegar o seu aqui. abraço

    www.blogdicagratis.com

    ResponderExcluir
  12. po interessante, não acho q o celular cairá tão rápido

    ResponderExcluir
  13. Sou meio bichinho do mato em relação a celulares, hahaha, pra mim seria ótimo se eles sumissem sem deixar descendentes! :P Enfim, faço licenciatura em História e desde o início do curso é muito debatida essa questão do uso de tecnologias em sala de aula. Mais do que nunca, o professor precisa continuar sua formação e não encarar a tecnologia como inimiga - o que acaba sendo mais uma tarefa super importante pra um profissional que, infelizmente, recebe bem menos reconhecimento do que deveria. :|

    :*

    http://hey-london.net

    ResponderExcluir
  14. As vezes fico sozinho aqui pensando o quanto a tecnologia avançará, as vezes penso que o uso do Tablet será muito comum, não como hoje que quem tem "é rico". Mas há muitos aparelhos de celulares pelo mundo, não acabará - prevejo - em apenas 5 anos. Abraços!

    Diogopensamentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Que brisa, será?
    Acho que ainda vai levar mais tempo, se bem que o tablet ta aí né...
    Muito útil seu blog!
    http://alteregodonuti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Isso é bem polêmico =x
    será?
    '-'
    beijos
    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  17. Acho que é dificil fazer com que o celular simplesmente acabe.
    Mas se formos fazer uma estatistica básica assim como na reportagem, é bem provável que isso aconteça, e o mais breve o possível.
    Bill Gattes disse em 99, que as ligações telefonicas ficariam tão baratas em cerca de dez anos, que só seria cobrada uma taxa de manutenção.
    Bom, no Brasil, as ligações são um pouco caras ainda, mas em países asiáticos, a conta é quase nula.
    Assim como a ideia do Bill Gates, creio que o celular irá sumir sim.
    E ai vem uma nova questão, que é como ser um bom aluno e o que as empresas realmente precisam.
    São coisas intangíveis como imaginação, jogo de cintura e liderança.
    E digo mais, uma prova não prova a capacidade de nenhum ser humano.
    Adorei o blog, to seguindo.
    Segue o meu.

    http://reinaldodeltrejo.blogspot.com/

    abras

    ResponderExcluir
  18. nossa mt bom seu blogger
    mt bom msm
    ja estou curtindo e seguindo

    se de segue meu blogger
    http://contosdagarotameroko.blogspot.com

    se de curte no face tbm
    https://www.facebook.com/#!/pages/Sonhos-de-uma-Garota/171971256248591?sk=photos

    ResponderExcluir

Publicidade